Make your own free website on Tripod.com

História da IP Bom Jardim
 
Iª Parte
 

Considerando o mês do 33º aniversário de nossa Igreja, estamos iniciando hoje, a transcrição da história da Igreja Presbiteriana de Bom Jardim, da qual você também faz parte de sua história.

Com o advento da Usiminas surgiu nas suas proximidades o próspero povoado de Bom Jardim, para onde se mudaram alguns crentes presbiterianos que vieram de diferentes regiões de Minas Gerais.

A Missão Leste do Brasil, que se localizara em Coronel Fabriciano à convite do Presbitério Rio Doce (com sede em Governador Valadares), percebendo a grande possibilidade de organizar ali um trabalho que fosse a origem de uma grande Igreja Presbiteriana. Comissionados pelo Conselho da Igreja de Coronel Fabriciano para organizarem uma congregação em Bom Jardim, para lá se dirigiram os missionários Rev. Jonh Marshall Guthree e os evangelistas João Batista Franco e Durval Antônio Moreira. Em reunião memorável levada a efeito no dia 07 de janeiro de 1962, tendo a cooperação dos presbíteros Derly Carneiro e Alcendino José Sobrinho, os referidos missionários organizaram solenemente a Congregação Presbiteriana de Bom Jardim em casa do irmão Isaías Inácio da Hora.

Houve de início um culto, durante o qual cantou-se o hino 234 dos salmos e hinos, orou o presbítero Derly Carneiro, e o Re. Jonh Marshall Gethree pregou excelente mensagem baseada no capitulo terceiro da primeira carta de São João. Logo após, oficialmente organizada a Congregação, a Escola Dominical foi constituída com duas classes, sendo uma de adultos e outra de crianças. De início foram matriculados 22 alunos. Foram eleitos para dirigirem a nova congregação, Superintendente: Isaías Inácio da Hora. Secretário e Tesoureiro: Jairo de Freitas Rocha. Professor da classe de adultos: Derly Carneiro. Professora da classe de crianças: Dª Idalina Rocha.

Naquele dia festivo pregaram ao ar livre, através de alto-falantes da Missão, os evangelistas João Batista Franco, Durval Antônio Moreira e o Presbítero Alcendino José Sobrinho. Os trabalhos de organização foram encerrados as 16 horas e 20 minutos, com o cântico do hino 530 e a oração do "Pai Nosso".

A Escola Dominical Prosperou sob o impulso do Espirito Santo. Muitos obreiros cooperaram para o desenvolvimento, dentre eles se destacaram o Evangelista João Batista Franco, Rev. Américo Gomes Coelho e o missionário americano Rev. Edward Langham.

PASTOR DA IGREJA