Make your own free website on Tripod.com

O Cristão e o Novo Código de Trânsito

"Queres tu não temer a autoridade? Faze o bem, e terás o louvor dela."  

Estamos à volta no nosso país com a implantação do novo código de trânsito. Muitas dúvidas nos rodeiam sobre como tudo isso funcionará e se, de fato, trará bons resultados.

O nosso país tem o "mérito" de ser um dos recordistas mundiais de morte no trânsito. Algo precisa ser feito e este código vem para mudar isto. Desde 1949 mais de 600 mil pessoas morreram nas ruas e estradas nacionais. Só em 1996 foram 27 mil. 90% dos acidentes são causados por erros dos motoristas e apenas 4% por defeito do veículo.

O verdadeiro cristão tem de se preocupar com tudo isto e há muito tempo já vem orando ao Senhor para que a nossa amada pátria melhore em muitos aspectos. Precisamos nos lembrar da soberania de Deus em todas as coisas e que Ele está atendendo nossas petições.

Mas será que multas que variam entre R$ 48,00 e R$ 865,00 não são um valor absurdo? Como é que eu fico nesta situação? Está aí um das vantagens de se ter a Cristo. As próprias autoridades do nosso país estão afirmando que nada muda para o "bom motorista". O cristão ocupado em fazer a vontade de Deus já tem que ser "bom" motorista, motociclista, ciclista ou pedestre. Não tem que temer. "Entretanto se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal. (Rm. 13:4)".

É hora de nos informarmos sim, temer não. Que o cristão mais uma vez seja o exemplo deixado por Cristo, na obediência e no comportamento, enfim, no testemunho.

Oremos pela nossa pátria para que o projeto traga os resultados almejados e para que Deus conduza os que vão administrar todo o processo. Deus há de abençoar o país, quando todo cristão dobrar o joelho por ele.

 

  Rev. Edilson Olive Ramos

25/01/1998